domingo, 1 de fevereiro de 2009

Interrogation

All I fear means nothing
.
Vejo o desvanecer
De uma caminhada
Não minha
Nunca pertenceu
.
Foi de uma vida criada
Pontos de interrogação flutuam
Ideias embrulhadas
Encontra-se para lá...
.
Estando aqui, no ar
Não existe razão
Se o fosse
Haviam pontos de afirmação.
.
É para além
Do que se vê
E se sente...
.
Caminhos traçados
Pedras que caiem
Caminhos destroçados
.
Aqueles que se afirmavam
Ter tudo na mão
E não ser nada
.
É um ponto de interrogação
Já visto mais que uma vez
E eu passo-os para a minha realidade
.
O que será?
O que existe?
Razão?
.
Não creio que se tornem
O oposto de ideias
Já formadas!
.
Assim será,
Pontos de interrogação...

2 comentários:

Anónimo disse...

nunca me disseste que tinhas um blog! parabéns! está muito bom!

continua a escrever, tens muito jeito!

despeço-me com muitos beijos de saudade e com muita ANIMAÇÃO.......

Anónimo disse...

Solar eneragy is the future for the world.
[url=http://www.solarcourses.org/]solar energy facts[/url]